quarta-feira, 29 de março de 2017

Picanha com Sal Grosso no Forno Elétrico

Oi pessoal. Hoje vamos aprender a fazer uma excelente picanha de sal grosso assada no forno elétrico com sabor de churrasco.

Depois de tantas notícias falando sobre a operação Carne Fraca da Polícia Federal, fiquei (Cláudio) com uma grande vontade de fazer um churrasco de picanha.



Mas como na nossa casa não tem churrasqueira ainda e não queria ir no restaurante, resolvi tentar fazer no Forno Elétrico. Então peguei uma receita na internet e encontrei uma que gostei e decidi arriscar.

O resultado é que ficou uma delícia, além de ser muito fácil de fazer. Vamos então à nossa receita de Picanha Assada com Sal Grosso no Forno Elétrico Fischer:

Ingredientes:
  • 1 peça inteira de picanha
  • 1/2 kg de sal grosso
  • 1 colher (sobremesa) de manteiga (usamos com sal mesmo)
  • 1 colher (chá) de azeite (opcional)
Modo de Fazer:
  • Preaqueça o Forno Elétrico a 280º, ligando as duas resistências, inferior e superior;
  • Prepara a picanha  fazendo cortes diagonais sobre a gordura para facilitar a penetração do tempero (sal grosso);
  • Em uma forma (que caiba a picanha inteira) despeje uma parte do sal, fazendo uma "cama" de sal grosso;
  • Coloque a picanha sobre essa camada de sal com a gordura voltada para cima;
  • Despeje o restante do sal sobre a picanha. Não é preciso tampar a picanha como em outras receitas. Pelo contrário, a gordura e a carne ficam aparentes, assim como em um churrasco.
  • Tampe a picanha com papel laminado e leve ao forno por cerca de 1 hora;
  • Após 1 hora, retire a picanha do forno e remova o papel laminado. Remova também o excesso de sal da gordura com um pincel e com esse mesmo pincel espalhe a manteiga sobre a gordura. Se quiser, aplique um fio de azeite de sua preferência para dar um sabor especial;
  • Leve ao forno sem o papel laminado para dourar, por cerca de 30 minutos;
  • Quando estiver dourado, está pronta para servir.
Rendimento: de 4 a 6 pessoas, dependendo do tamanho da peça.

O sabor da picanha fica muito parecido com o churrasco tradicional. A única diferença é que não tem aquela defumação natural do carvão, mas não senti falta.

A nossa picanha era grande e tinha bastante gordura e carne. Nesse tempo, a picanha ficou ao ponto, com as extremidades um pouco mais assado e o meio bem vermelhinho. Também ficou bem suculenta e úmida, não ficando seca mesmo sem precisar ficar regando o caldo durante o preparo.

Além disso fiquei impressionado como toda a carne ficou bem temperada. O sal penetrou bem na carne e não ficou com excesso. Mesmo usando a manteiga com sal, a carne não ficou salgada.



É uma receita muito fácil de preparar, mas leva um pouquinho de tempo para assar, cerca de uma hora e meia. Mesmo assim vale muito a pena fazer uma picanha com sal grosso no forno elétrico. Muito bom!

E você, o que achou? Gostou?

Comente, curte e compartilhe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário